Isabela Nardoni

Sabe o que eu mais queria neste caso? Que existisse a tal 3ª pessoa que eles tanto falam. Não acho que ela exista, mas queria muito que fosse verdade. Porque o que não dá para acreditar, o que deveria ser a grande mentira é o fato do pai ser um monstro capaz de jogar a filha pela janela, depois dela ser agredida pela atual esposa.

4 comentários:

Jou Jou Balangandã disse...

Sabe que eu também tinha essa esperança, de uma explicação capaz de tirar a culpa dos condenados, só pra não ter a certeza que o ser humano é capaz de uma atrocidade dessas?

Bjous

Vavá disse...

A caminhada do ser humano infelizmente passa por essas atrocidades. Quisera ao menos que elas nos alertassem que a crueldade e maldade não nos levam a lugar algum.
Que Deus ilumine esses espíritos.
Abração e ótima Páscoa.

Cláudia disse...

Como o promotor provou no julgamento, não havia mais ninguém além deles.
Fico pensando é na mãe da garotinha, de pensar ininterruptamente que a filhotinha sofreu e ninguém socorreu, pelo contrário... nem dá pra imaginar ter de viver o resto da vida com isso.

Paula disse...

Eu sempre falei isso, se existia a 3a pessoa, porque eles não a procuravam insistentemente???