Depois de muitos dias ainda triste pelo final da relação, você passou a semana dormindo bem, acordando bem, trabalhando bem, tudo bem. A tarde está azul e você tem vontade de fazer um bom programa no final de semana. Daqueles de varar a noite, mas sem enfiar o pé na jaca. Só para sair mesmo, se arrumar, ver gente, despretensiosamente. Não tem mais aquela vontade de dormir muito para que o sábado e domingo passem mais rápido. Até que vem a infeliz idéia de apagar alguns e-mails antigos e se depara com as primeiras mensagens que ele te mandou. E aí você, que nem anda entrando no MSN para se desintoxicar, tem um momento de estupidez, abre os e-mails e lê, enfiando o dedo na ferida, que não sangra, mas ainda machuca a beça. A saudade fala alto e você morre de vontade de mandar um torpedo só pra dizer que está sentido uma puta falta. Não espera receber resposta. Só deseja que ele saiba. Mas você não tem mais o contato dele no celular. E por e-mail isso não vale. As últimas letrinhas enviadas pela net não foram nada boas. Mas os últimos torpedos... bem, esses você também apagou. É bom ser uma pessoa precavida, daquelas que se defendem delas próprias. E sente novamente a casquinha da ferida se formando.

11 comentários:

K. disse...

Te amo!Estarei em casa no final de semana. Bruno está trabalhando; se quiser colo...Beijos, K.

K. disse...

Te amo!Estarei em casa no final de semana. Bruno está trabalhando; se quiser colo...Beijos, K.

Mila Neri disse...

se precisar de uma parceira pro pé na jaca, conte comigo! ehheheh

[ rod ] disse...

O amor deveria desligar sempre as duas chaves e não machucar ninguém.




Novo dogMa:
sAnto...


dogMas...
dos atos, fatos e mitos...

http://do-gmas.blogspot.com/

Re disse...

Ai, ai, ai Dedinhos...
Porque é tão complicado se envolver, se doar, se ferrar e levantar?
bla, bla, bla coisas que vc já sabe, que é linda, inteligente, divertidas e bla, bla, bla... Invista, sofra e cutuque a ferida sim se isso fizer bem a vc, se vc achar que precisa esgotar as possibilidades ou se achar que pode ser que reste esperança... Mas saiba que a cada tombo ou trpeço, tem uma amiga virtual (euzinha) que torce muito pela sua felicidade.
beijos
Re

MR disse...

Adorei o nome do Blog, super original. Porque alguem nao pensou nisso antes?
Hoje falamos muito mais com os dez dedinhos (alguma pessoas com dois apenas) do que com a boca e a língua. Esta geração do SMS, Blog, MSN...
Desliga isso por uns dias e vai dar uma volta pela cidade - sem o celular. Faz bem. Inté

disse...

vim conhecer seu blog, brigadinha pela visita e q bom q gostou!!

bjobjo
=)

marcella disse...

lindas as fotos no rio. nao é pq é minha cidade não, mas o rio é demais :)
Alias, que roteiro esse o seu, hein!
recife e o rio. duas cidades maravilhosas. sempre te leio. gosto muito daqui : O )

Beijos

Pedro disse...

Deditos,

Muito bem, muito bem... lá pelo meio do texto cheguei a imaginar que você havia mandado o torpedo. Ainda bem que não enviou. Infringiria o princípio número 1 que é o da disponibilidade.
Excelente texto!

Beijo!

Moni disse...

eu ja me vi assim... parece q a gente gosta de sofrer!! melhoras .. beijos

isaBela araújo silvA disse...

deletar tudo, apagar o número do celular, sumir do mapa não adianta nada se o esforço não for verdadeiro, pq só resolve pra gente correr mais atrás ainda qdo bater a saudade e a gente se matar pra conseguir o número de novo... eu chamo isso de crise de abstinência... hahahaha. brincadeira. eu tô saindo dessa tem dois anos, e de vez em qdo ainda bate a crise... relax. e bora pro-seco com as amigas.