Comercial das Havaianas é retirado do ar



Ontem fiquei besta ao ver que tiraram da televisão a nova campanha das Havaianas, aquela que tinha uma avó conversando com a neta. Algumas pessoas reclamaram, certamente, da sacada bem humorada e ousada da moderna senhora sobre o Cauã.

Francamente, um país como o Brasil, onde cenas de sexo são freqüentes em novelas, onde os programas de auditórios adoram exibir mulheres frutas simulando o ato sexual em velocidade 500, onde o carnaval é um desfile de peitos e bundas, onde existe um programa chamado Amor & Sexo, onde os biquínis são mínimos e propagandas de camisinha são vistas aos 4 cantos (graças a Deus), onde a maioria perde a virgindade antes dos 15 anos, enfim, um país que é sensual e sexual por natureza, ainda assim tem gente que achou a propaganda demais. Como se estivesse influenciando alguma prática totalmente fora da realidade atual e do conhecimento comum. Até minha avó, que tem 81 anos e acha que as mulheres deveriam casar virgens, adorou o comercial. Ela é tradicional, mas não é alienada.

A resposta da Alpargatas e da Almap foi rápida e sensacional, com o estilo criativo que sempre marcou os VT’s das Havaianas.

15 comentários:

Anônimo disse...

Nao creio!!!!
eu adoreiiiiiiiiii e nem tinha colocado tanta maldadeeee!!!

bjus

Mary Baioco

Renatinha disse...

Não acredito que tiraram do ar? Deviam tirar do ar a TV Senado.... isso sim é baixaria!
Indignada.
beijos
Re

Paula disse...

Eu não sabia desse absurdo. A hipocrisia de algumas pessoas é uma coisa horrorosa mesmo. Adorei a resposta!

beijos

Lê... disse...

Sem comentários né lindona?
Deviam era censurar as pessoas que acharam a mensagem ousada...rs
Boa semana!bjs.

disse...

ahhh não acredito!!É uma palhaçada né?? Vc disse tudo no post ,,,

eu adorei esse comercial!!

bjosss

K. disse...

Nossa....eu só vi porque mamãe me chamou para ver...ela toda hora achava graça. Ai, ai...qto pudor por coisa nenhuma...afff!!!

Thales disse...

Ah, mas o problema é que esse comercial coloca as mulheres na posição de controle, de iniciativa, de escolha, de decisão. Daí muita gente não gosta, se ofende. Quando é para apresentar mulheres objeto, porém, daí é OK...

Muñeca disse...

Realmente...uma hipocrisia completa!!!

Resta saber quem é que ficou 'ofendido'!!!

Os brasileiros têm fama (justificada) de terem os melhores criativos do MUNDO!!!

Gaby disse...

Ei cria... já respondi a sua provocação lá no blog... mil perdões por não seguir os roteios, mas não tá dando para sair do lugar aqui.. o tempo está terrível. Não ache que estou gostando.. queria muito conhecer a cidade, mas não tá rolando.. minha localização está péssima em relação aos pontos turísticos.. tudo muito longe.. dá para ir a Guarapari com a distância que eu estou do centro... Não fica brava comigo não...

Henri disse...

Ainda bem que resgataram o bom senso e retiraram um comercial jocoso e carregado de sexualidade do ar. Imaginem nossas crianças assistindo uma cena flagrantemente despida de pudor, notadamente quando uma ansiã, que deveria traduzir no mais púdico exemplo, se manifesta de forma desavergonhada, escancarada e incompatível com o bom exemplo, causando rubor as pessoas mais liberais. Ainda bem que a moral e os bons constumes de vez em quando resolve acordar!

Henri disse...

E demorou para sair do ar!

Jou Jou Balangandã disse...

Paula, quase não vejo TV, portanto estava por fora. Adorei tanto a propaganda, quanto a resposta. Bom me atualizar passando pelo seu blog. Dez Dedinhos tb é cultura!

Bjou

Evandro Varella disse...

Não sabia da retirada do comercial do ar. Me cheira a pura hipocrisia.
Mas não sei não... parece que a censura anda mostrando suas presas... espero que seja apenas um episódio isolado.
Beijos

Silvio disse...

Ola amigos, desulpem pela minha forma de pensar mas se a simples discussão de uma palavra é motivo de uma retirada de comercial, então temos que ir para o SENADO pois vai ser votado se o FUNK vai virar cultura brasileira, OLHA QUE INTERESSANTE, SE CRITICA ESSE COMERCIAL DEVERIA CRITICAR O FUNK, O RAP, O AXE, O FORRO, tudo tem segundas intensões, e ai alguém fala alguma coisa,

Maurício disse...

O comercial foi retirado do ar em respeito não às "pessoas" que reclamaram e sim aos "clientes" que reclamaram foi uma decisão tomada com pensamento na imagem da marca mais do que na moral da sociedade brasileira, apesar de ter achado o comercial engraçadinho tenho certeza de que a equipe que o produziu admite ter errado ao focalizar apenas um ponto de vista, enquanto queriam vender havaianas para modernos e "quadrados".
Aprendizado!