A rainha dos foras

Essa sou eu, muito prazer. É impressionante a quantidade de furos que eu já dei. Mas não se tratam de "furinhos", não. Em algumas ocasiões foram verdadeiros Grand Canyons. Por várias vezes eu desejei que o chão se abrisse e me engolisse inteira. Infelizmente isso nunca aconteceu e eu continuo por aí, uma Serial Mancada.

***


Reunião de família na casa de um tio. Conversa vai, conversa vem, começa a sessão de piadas. Claro que eu desfiei as minhas, todas de humor negro. O povo rindo muito, se divertindo com as mazelas alheias. Aí resolvi contar uma do aleijadinho: o aleijadinho que não tinha nem os braços, nem as pernas; resolve ir à praia com os amigos. Lá pelas tantas, depois de beberem todas, os amigos colocam ele numa poça d'água e vão jogar futebol. Só que a maré vai subindo... subindo... subindo... o aleijadinho, coitado, desesperado, começa a gritar, gritar, gritar e nada dos amigos ouvirem. Quando a água já cobria a ponta do nariz, ele avistou um homem que andava por ali. Pensou: "agora eu me salvo!" E desandou a balançar a cabeça pra lá e pra cá. O homem, muito bêbado, viu ele se sacudindo na água. Pegou ele com todo o cuidado e o jogou ainda mais para o fundo:
- Vai tartaruguinha, vai...

Quando acabei de contar, já às gargalhadas, reparei que só eu estava rindo. Na hora em que parei, ouvi até grilos, de tanto silêncio. Olhei pra vovó e ela balançou negativamente a cabeça pra mim. Logo ao seu lado estava minha tia, que perdeu a perna há um século, segurando a bengala e tentando levantar da poltrona. Foi horrível.

***

Sa, irmã de um amigo, passou num concurso federal e foi trabalhar numa cidadezinha do interior, Aracruz. Eu já conhecia o pedaço e falei super bem de lá. Tanto que ela me chamou para ficar na casa dela durante a festa da cidade. Lá fui eu, junto com outros amigos, fazer um programa rural. A noite prometia. Ia ter um "baile" dos bons e estávamos todos animadíssimos. A dona da casa dizia a todo o momento que ia se acabar de dançar, beber e beijar na boca; porque ainda não era conhecida nas redondezas. Afinal, a promotora de uma cidade tão pequena não pode se dar a esses desfrutes. E lá foi Sa, toda faceira, de salto alto, rebolativa. Dançou horrores e tomou todas. No outro dia, acordamos na maior ressaca, inclusive ela. Enquanto tomava café da manhã, às 12h, Sa passou por mim andando com dificuldade no passo: tá fundo, tá raso, tá fundo, tá raso. Eu, engraçadinha:
- É, Sa! Se acabou mesmo, heim? Nem tá andando direito! – e dei uma gargalhada.
Grilos.
- Anna, é que a Sa tem um problema sério na perna – respondeu Marcela.
- ...
Grilos.
- Gente, eu nem vou tentar consertar. Foi mal, Sa – falei num fio de voz.
Claro que vim embora logo depois do café.

***

9h. Estava indo pra agência, que ficava no 5ª andar, com o Fabiano. Na porta do elevador, tinha uma Sirigaita parada.
- Oi, geeeentem.
- Oooooooooi – falou Fabiano, que não pode ver uma mulher.
- Que bom que chegaram. É que eu tenho medo de entrar no elevador sozinha.
Ô dó. Eu medi a Zinha da cabeça aos pés. Salto alto, saia jeans – modelo abajur de piriquita – cinto e blusa de alcinha com estampa de onça (que nem estava na moda). Além de baranga, era cafonérrima.
Olhei para o Fabiano e ele só faltava pular no decote da mulher. Eu ri. Ela saiu no 3º andar e subimos gargalhando do medo da moçoila. Os colegas da agência estavam sentadinhos pelo corredor porque alguém tinha esquecido a chave. Um deles me deu o lugar no sofá e eu sentei ao lado da nova estagiária, contando da Zinha.
Eu: Gente, a essa hora da manhã! Aquilo não era uma blusa, era um sutiã disfarçado! E de onça! Quem, a essa hora da manhã, vai usar uma estampa de onça??? Onça a essa hora??? Quem??? Nem tá na moda! Tem que ser muito cafona mesmo, viu?
Fabiano: Anna, pára! – e apontou para a estagiária.
Quando eu olhei, a menina estava... com uma saia de onça! Praticamente uma Juma Marruá.
Eu: ...
Grilos.
Eu: Ahhhhhhhhhhh... tô arrasada! – e soltei uma gargalhada.
O povo riu muito, muito com a situação, inclusive eu. Ela ficou sem graça, coitada.

18 comentários:

Helena disse...

Hahahahahahahahahahahahahahahahahhahahahahahahahaha

Re disse...

Dedinhos.
Vc é péssima e vai para o inferno! Ah! vai.
Mas chorei de rir agora.
beijos
Re

Vivia disse...

Sabe o que eu mais adoro nestas situações embaraçosas?? Quando conseguimos rir de nós mesmas...
Criei um blog para relatar fatos, acontecimentos, personagens e etc, coisas que aconteceram comigo ou com terceiros... Talvez você goste. O endereço é http://fatoseacasos.wordpress.com.

Aguardo sua visita!
Tenha um ótimo final de semana...

' arcano disse...

vc escreve muuuuito bem! (:

Paula Nigro disse...

Anna,
por um acaso você é sagitariana?
Sofri por você com esses causos tragiômicos.
Tadinha...
Beijos.

Juan Trasmonte disse...

Oi Dedinhos!
Obrigado pela visita!
Gostei daqui tamb�m. Tem um tra�o interessante na maneira como vc vai do pessoal para o social.
L� no Nemvem a casa � sua.
Abs.
Juan

http://nemvem-quenaotem.blogspot.com/

Anônimo disse...

Vc é D+!
Comecei a ler o seu blog e não parei mais ... UFA... só vou embora por que deu meu horario... Pleno domingo e eu aki, lendo um blog de algeum que não conheco e morrendo de inveja huahuhau...(mas inveja positiva viu = D)
Sorte e sucesso pra ti!

Dedinhos Nervosos disse...

Paula, eu sou leonina. E das bem atrapalhadas! rsrs

Anônimo(a).
Quem é vc?
Bjos.

Karlinha disse...

Hahahah!Nossa!Me convenceu, está coroada a rainha dos foras!rsrsr!
Beijos e ótima semana.
Obs: Atualizei, enfim!

Karlinha disse...

Hein, leia este:http://fantasticafabricadebarulho.blogspot.com/
Algo me diz que vc vai adorar!

teo netto disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Fantástico!
Um beijo.

MH disse...

hauahauahauahaua.
Você ta pior que minha amiga Elaine.
Genial.

Alias, ontem fui num churrasco.
Ai um amigo contava de uma campeonato que ele participou e que na hora de festejar o titulo ele caiu com a taça.

ai eu disse..."em vez de comemorar o tetra...ia ser tetraplegico".

Obvio que olhei pra tras e tinha uma menininha numa cadeira de rodas

silencio...grilos...

Flávia D. disse...

huahauahauahauahauahauaha...
adorei...eu faço dessas também...hauahauahauahauaha
bjoos

Karla disse...

Querida, to chorando de rir =D
Obrigada pelas gargalhadas...
Beijos

Davi Corbalan disse...

uheuhaeaeaa, eu me lembro desse episodio da oncinha, eu tava lá! hehehehe, foi muito engracado!

Beijos!

Pedro disse...

Sensacional! Bom saber que não sou o único sem-noção do blogspot...

bjão e parabéns pelo blog!

Anônimo disse...

I found this site using [url=http://google.com]google.com[/url] And i want to thank you for your work. You have done really very good site. Great work, great site! Thank you!

Sorry for offtopic

Anônimo disse...

[url=http://blog.alphaplus.ca/wp-content/plugins/wp/]generic cialis from canada[/url]